Embora na China os morcegos sejam tratados como um sinal de boa sorte, e a crença dos antigos egípcios de que eles poderiam curar uma série de doenças, os sentimentos ocidentais sobre esses animais são geralmente negativos. Mas o único mamífero voador do mundo não é tão ruim quanto nossos medos o fazem parecer. Vamos derrubar alguns mitos sobre eles?

 

1. Morcegos são completamente cegos

Embora a gente goste de falar que algumas coisas são “cegas como um morcego”, os morcegos maiores podem enxergar até três vezes mais do que os humanos, de acordo com pesquisas. A visão do morcego varia entre as espécies, mas nenhuma é totalmente cega. Além disso, os morcegos também usam a ecolocalização (emitindo sons para se locomover), o que significa que eles provavelmente têm uma ideia melhor para onde estão indo do que muitos de nós.

 

2. Morcegos querem beber o seu sangue

Apenas três das cerca de 1200 espécies existentes são “vampiros”. E os morcegos-vampiros raramente bebem sangue de humanos. Eles se alimentam principalmente do sangue de gado. Um fato curioso é que um medicamento chamado draculina está sendo desenvolvido a partir da saliva desses bichos, pois possui propriedades únicas de coagulação sanguínea.

 

3. Eles vão te atacar e transmitir raiva

Provavelmente não. Estatisticamente falando, os morcegos contraem a raiva com muito menos frequência do que outros mamíferos. E se eles contraírem a doença, ela se manifesta de uma maneira diferente do que animais como guaxinins ou raposas. Os que são infectados pela raiva ficam paralisados ​​e não podem voar, o que diminui drasticamente a chance de um te atacar dessa forma. Ufa…

 

4. Morcegos são pestes irritantes

Muito pelo contrário! De acordo com a National Geographic, eles podem comer até mil insetos durante uma única noite. Sua vontade de devorar insetos é tão notável que tem uma importância econômica. Um estudo recente mostrou que esses animais fornecem “serviços naturais de controle de pragas”, que podem chegar a 3,7 bilhões de dólares de economia aos cofres públicos americanos por ano! Os morcegos também polinizam plantas e distribuem sementes. Além disso, os seus excrementos, chamados de guano, são usados ​​como fertilizantes.

 

5. Eles são ratos voadores

Eles pertencem à ordem Chiroptera, não à Rodentia. Por isso, estão mais relacionados aos primatas do que aos roedores. Eles também não possuem o mesmo comportamento dos roedores. Por exemplo, morcegos não mastigam madeira, metal ou plástico.

 

 

Fonte: TriCurioso.


Obs: As informações acima são de total responsabilidade da Fonte declarada. Não foram produzidas pelo Instituto Pinheiro, e estão publicadas apenas para o conhecimento do público. Não nos responsabilizamos pelo mau uso das informações aqui contidas.