As estradas foram criadas com o objetivo de proporcionar o transporte seguro de pessoas e produtos, mas nem sempre isso acontece na prática. Algumas estradas acabam apresentando grandes desafios para os motoristas, sejam pelas suas curvas sinuosas ou por simplesmente não apresentarem o nível ideal de segurança. Conheça a seguir cinco estradas que são capazes de deixar qualquer pessoa com um certo receio em se aventurar por elas.

 

1. Camino a Los Yungas (Bolívia)

A estrada “Camino a Los Yungas” possui uma reputação tão ruim que acabou recebendo o desagradável apelido de “Estrada da Morte”. Com trechos que contam com aproximadamente 3 metros de largura e a 600 metros acima do nível do mar, essa estrada registra uma média de mais de 200 acidentes todos os anos, sendo que mais da metade deles acabam fazendo vítimas fatais. Vários memoriais improvisados ​​podem ser vistos ao longo do caminho, homenageando aqueles que perderam a vida naquele local. Felizmente, uma parte do trajeto pode ser substituída por uma estrada pavimentada de duas faixas, o que apresentou uma enorme redução do tráfego de veículos no local.

 

2. Fairy Meadows Road (Paquistão)

A Fairy Meadows é uma daquelas estradas para as pessoas que gostam de dirigir nas montanhas e têm nervos de aço. Aberta apenas durante os meses de verão, esta estrada rochosa tem cerca de 16 quilômetros de extensão, apresentando trechos extremamente perigosos. A estrada foi construída há centenas de anos atrás por aldeões na Montanha Nanga Parbat e não tem sido reparada há décadas. A sua largura só é suficiente para um carro de cada vez e um simples erro do motorista pode derrubar o veículo do penhasco.

 

3. Passagem de Zoji La (Índia)

A Passagem de Zoji La é uma estrada de terra sem grades de proteção ou placas de sinalização, onde os deslizamentos de terra são um problema contínuo. Além disso, a estrada conta com trechos sinuosos de alto risco, conectando as cidades de Srinagar e Leh na cordilheira ocidental do Himalaia. A estrada tem apenas 9 quilômetros de extensão e foi originalmente construída em 1947 para fins militares.

 

4. Estrada Siberiana Para Yakutsk (Sibéria)

Viajar pela Sibéria é sempre um desafio e a Estrada Siberiana Para Yakutsk é o exemplo perfeito para sustentar essa afirmação. Além de ser muito escorregadia nos meses mais gelados, a estrada se torna um pântano monstruoso quando chove muito na região, o que acaba provocando engarrafamentos com quilômetros de extensão. Para piorar as coisas, existem relatos de pessoas que já roubaram umas às outras durante os engarrafamentos. Bizarro!

 

5. Dalton Highway (Alasca)

A Dalton Highway é uma estrada usada geralmente por caminhoneiros que viajam para os campos de petróleo da baía de Prudhoe, na encosta norte do Alasca. A estrada tem cerca de 667 km de comprimento, sendo que cerca de 3/4 da sua extensão não conta com pavimentação, o que somado ao clima da região promove um alto risco de acidentes. Além disso, não há instalações médicas ao longo da estrada, embora existam três cidades ao longo do caminho. Por isso, recomenda-se aos viajantes o carregamento de equipamentos de sobrevivência.

 

 

Fonte:TriCurioso.


Obs: As informações acima são de total responsabilidade da Fonte declarada. Não foram produzidas pelo Instituto Pinheiro, e estão publicadas apenas para o conhecimento do público. Não nos responsabilizamos pelo mau uso das informações aqui contidas.